terça-feira, 13 de setembro de 2011

10º Dia Ollantaytambo – 0 Km

Acordamos cedo e nos preparamos para seguir para Santa Teresa, mas tudo acabou mudando...
Enquanto eu e o Ferro, estávamos tomando o café da manhã, o Robson, Zé Glauco e Guto foram dar um pesquisada na cidade sobre passeios a Machu Picchu saindo daqui de Ollantaytambo, conseguiram um preço muito bacana e com a ajuda dos amigos, decidimos mudar um pouco o trajeto e ficar por aqui mesmo, afinal este lugar é lindo e merece uma visita mais detalhada.
Fizemos a reserva para visitar Machu Picchu e enquanto o pessoal foi até a cidade de Urubamba para pagar as taxas de visitas em um banco fiquei no Hostel atualizando o blog e depois foi dar uma volta na cidade para procurar o que comer e tirar algumas fotos.
No momento em que cheguei na praça encontrei com o pessoal que já retornara da Urubamba, fomos comer em um restaurante bacana por um preço melhor ainda, comi alpaca, muito bom.
O Robson retornou ao hostel para dar aquela cochilada eu e o restante do grupo seguiu pra as ruínas mas acabamos não visitando pois o preço é mais caro que para Machu Picchu.
Acabamos parando em uma feira de artesanatos e compramos alguma lembranças para levar para casa.
Compras feitas sentamos em uma butequinho para tomar uma Cuzqueña, visual maravilhoso, lugar perfeito para uma gelada.
Retornando ao hostel recebemos uma dica de que existia logo atrás ao hostel próximo a linha férrea uma ruínas que não se pagava para visitar, para lá fomo eu e o Ferro com lanternas nas mãos pois já estava escurecendo,retornamos seguindo a linha do trem.
Reencontramos a turma e fomos jantar, comi uma lasanha, baratim, baratim, como dizem os mineiros. Ahahhaha
Agora só dormir pois amanhã, Machu Picchu.


Demos uma volta nesse Puc-puc. Legal o negocinho. O alomoço, alpaca. A tradicional Inka Cola, sabor de gelatina de abacaxi derretida com gás. hahahaha Ruinas, mais caras que Machu Picchu, só nas fotos mesmo. Nós na ferinha, compras. Eita vidao ruim... Lugar ideal para uma Cuzqueña. Olhas as ruinas ao fundo. A tal da Cuzqueña. Ruinas atráz do hostel. Mais ruinas.Tô na linha. Trem bao. Noite de Ollantaytambo.

Um comentário:

  1. é isso ai curtindo e aproveitando de tudo
    abraços
    ismael

    ResponderExcluir